Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Do G&T aos mocktails: o que é tendência na coquetelaria

July 11, 2018

 

Se tivesse que levar uma única garrafa para uma ilha deserta, Nicola Pietroluongo colocaria na mala um whiskey 12 anos. “É a minha paixão, um destilado escuro e envelhecido, um blend spirit.” De fato, o malte corre em seu sangue. Senior Brand Ambassador do portfólio Reserve da Diageo no Brasil, o brasileiro com acento italiano tem 15 anos de experiência no setor de bebidas e passagens por vários hotspots do mundo.

 

Batemos um papo com ele para descobrir quais são as tendências da coquetelaria em 2018. “O Gin & Tonic continuará firme e forte, com receitas clássicas e também criações mais modernas”, diz Nicola. Outro drink que ele aponta que irá conquistar o seu espaço é o Bramble, feito à base de gin, suco de limão siciliano, xarope de açúcar e licor de creme de amoras.

 

“Pouco a pouco, o Martini e o whiskey também retornam fortes à cena. E, lá na frente, o rum é uma aposta de categoria que cairá no gosto do consumidor brasileiro”, analisa o especialista. Os mocktails ganham cada vez mais adeptos, ele acredita. “As pessoas estão em uma vibe de bem-estar e consumo responsável, e isso é ótimo para sociedade.” Se tem gente que ainda torce o nariz para coquetéis sem álcool, saibam que o assunto está sendo levado bem a sério. “Não é apenas uma mistura de vários sucos, como eram os antigos coquetéis não alcoólicos. O mocktail carrega consigo um apelo visual, aromático e cheio de sabor”, reforça.

 

Agora mãos à obra: para quem gosta de reunir os amigos e quer fazer bonito na hora de chacoalhar a coqueteleira, as dicas bartender são super valiosas. “Sempre seguir a receita, porque ela existe para se ter um perfeito equilíbrio. Nada de chorinho, coisas extras, a menos que, dica número dois, se prove o que vai ser servido. É preciso se certificar que o drink está perfeito ou merece ajustes”. Por fim, e não menos importante, a hospitalidade é essencial. “Ser amável com as pessoas e ter um sorriso no rosto. Obviamente, elas vão curtir o drink ainda mais”.

 

Fonte: Renata Reif para o Site RG

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga